quarta-feira, 15 de abril de 2015

The Legend of Zelda Majora's Mask 3D [USA] [CIA]


Eu, o adm sou um grande fã da franquia Zelda, e pra quem não sabe, a história Do  Majora's se passa alguns anos após o Ocarina of Time, e o link acaba dando uma de andarilho do tempo em busca de sua amada fadinha Navi, que desaparece depois de acompanhar o nosso herói nos momentos mas decisivos de sua saga, que culminou em seu grande feito derrotando o vil Ganon. 

O jogo começa numa floresta com o Link puxando um ronco no lombo da Epona, no entanto ela se assusta com o surgimento de duas fadas que surgem do nada, o link acada levando um tombo e consequentemente perdendo a consciência. Daí aparece o cara chato da história, o Skull Kid, uma criatura esquia e quase da altura do Link, que é uma espécie de trombadinha mítico, devido à sua vestimenta meio xamanística e a máscara de majora que possui. 

Ele rouba a Ocarina e Foge montando na Epona com link agarrado. Skull kid acaba entrando numa árvore, o Link vai atrás e acaba sendo transformando em um Deku, que é uma espécie de madeira na cosmologia da franquia, daí em diante você segue o game na busca por se tornar humano novamente e acaba descobrindo uma cidade que foi amaldiçoada e uma lua irá crescer até engolir toda a cidade, e o nosso herói é incumbido de quebrá-la.

Assim como no remake The Legend of Zelda: Ocarina of Time 3D, os gráficos serão atualizados utilizando modelos de personagens mais detalhados e refazendo o visual do título do Nintendo 64. Essa mudança não é tão drástica, e boa parte do cenário retém a geometria original um pouco quadrada.

Apesar disso, o visual realmente se destaca naquilo que mais importa: o personagem Link, seus coadjuvantes mais diretos, o vilão Skull Kid e obviamente a gigantesca Lua. Com um rosto macabro, a Lua ameaça cair sobre sua cabeça e destruir o mundo de Termina. A iluminação, básica na época dos 64 bits, também receberá grandes melhorias.

Para adicionar à confusão, Majora’s Mask tinha um sistema de save bem restritivo: exigindo que o jogador seja estátua de coruja ou volte no tempo, enquanto na versão anterior bastava apertar Start e salvar. Aparentemente, a Nintendo não vai interferir muito nessa área. Porém, colocará mais estátuas para permitir que a sessão do jogo seja suspensa com mais facilidade.

Uma novidade deste remake é que, pela primeira vez, a câmera poderá ser controlada livremente. Assim, os jogadores podem olhar ao seu redor com facilidade, algo que nunca foi possível no original do Nintendo 64. O título será compatível com o acessório Circle Pad Pro e também com o novo C-Stick do New Nintendo 3DS para controlar a câmera.

Um dos minigames favoritos dos jogadores em The Legend of Zeda: Ocarina of Time era a pescaria. Então, é compreensível que fãs tenham ficado decepcionados na época quando Majora’s Mask não trouxe esse minigame. Porém, ele está de volta no remake, sendo possível conseguir dois tipos de vara de pescar diferentes e obter até 10 espécies de peixes.

Trailer:


Informações do Game:
Desenvolvedora: Nintendo
Distribuidora: Nintendo
Gênero: Ação, Aventura, RPG
Lançamento: 13.02.2015
Nota IGN: 9,5

Informações da ROM:
Original Release: The_Legend_Of_Zelda_Majoras_Mask_3D_USA_3DS-ABSTRAKT
Região: USA
Tamanho: 477 MB
Firmeware mínima: 7.1
Patch para CFW 4.x: Não
Patch Region Free: Não
Patch Online: Não

Download via [MEGA] links maiores que 
1GB, Click na imagem para saber como 
driblar o limite de banda:






Conheçam também a nossa Loja Virtual no Mercado Livre, ela ainda é um pequeno gafanhoto, mas em breve se tornará um louva-deus através do apoio de vocês!


Conheçam também meu antigo blog focado em conteúdo Geek, ele estava parado, e estou voltando a atualizá-lo 
aos poucos também

Adquira uma conta/Combo nos nossos links, é muito barato!  Melhore a velocidade dos seus downloads e consequentemente vai estar contribuindo com o blog.
Contas Premium
Contas Premium
Contas Premium



Download: MEGA / Google Drive / Owncloud [Link Direto]
MEGA Key:
Sigam-nos nas redes sociais

Baixou, curtiu, aprendeu, foi legal? Por favor, comente, e compartilhe isto no Facebook, Twitter, etc. É só clicar nos botõezinhos aqui em abaixo, ou nesta barra horizontal permanente, aqui do seu lado direito da página. 
Nos ajude e ajude a compartilhar.
É o mínimo que você pode fazer!

Nenhum comentário :

Comentários Publicados