quinta-feira, 30 de junho de 2016

Mario Kart 8 + UPDATE [WiiU] [USA] [Loadiine Ready]


Dentre todas as franquias mais consagradas da Nintendo, poucas conseguem chegar ao patamar de Mario Kart. A série de corrida protagonizada pela turma do maior mascote da história dos videogames é um fenômeno desde a sua primeira aparição, com Super Mario Kart, lançado no já longinquo ano de 1992 para o saudoso Super Nintendo. E não é para menos, já que a franquia é referência para todos os jogadores do mundo quando o assunto multiplayer em que a diversão se sobressai da competição exagerada dos jogos online de tiro. Com a situação delicada que a Nintendo vem passando com o Wii U, não havia alternativa melhor para mostrar por que o console veio ao mundo do que com esse título de peso, e Mario Kart 8, assim como todos os jogos da franquia lançados desde os anos 1990, tira essa tarefa de letra!

Igual mas diferente! Mario Kart 8 conta com tudo o que os jogadores esperavam do título: corridas frenéticas por cenários baseados no Reino do Cogumelo, itens capazes de mudar uma corrida em questão de segundos e um level design de causar inveja em jogos de qualquer gênero. Mas a Nintendo não estava satisfeita em apenas evoluir um pouco a sua fórmula e resolveu utilizar tudo o que foi testado nas últimas entradas da franquia e virá-los de cabeça para baixo, literalmente! Além das motos, introduzidas em Mario Kart Wii, e das mecânicas de corridas subaquaticas e pelo ar de Mario Kart 7 (3DS), a Nintendo resolveu pirar de vez e inserir setores anti-gravidade nas pistas.

A mecânica funciona da seguinte forma: ao passar por uma faixa azul no asfalto, as rodas do kart se recolhem e o veículo se transforma em um hovercraft capaz de efetuar manobras anti-gravidade. Desta forma, as fases passam a possuir loopings e setores completamente de cabeça para baixo. E não pense que a novidade é uma inovação apenas estética, já que graças a ela, as mentes genialmente doentias da Nintendo puderam pensar sem nenhuma amarra para chegar ao ápice do level design da franquia. Os dezesseis estágios inéditos do título são de causar inveja a jogos de qualquer gênero disponível no mercado, tamanha a genialidade de cada um deles. 


Recheados de passagens secretas e trechos anti-gravidade de deixar qualquer jogador de queixo caído, os circuitos de Mario Kart 8 são uma verdadeira aula de level design e garantirão que os jogadores continuem voltando em busca de detalhes que passam despercebidos ou mesmo para apreciar certos momentos catárticos presentes nas pistas. Espere até você conhecer Shy Guy Falls e certamente entenderá o que estou querendo dizer!

Como de costume desde Mario Kart: Super Circuit (GBA), as pistas retrô não ficaram de fora, e a seleção de trajetos de jogos antigos nunca foi tão afiada. Das incríveis Toad´s Turnpike e Yoshi Valley, ambas de Mario Kart 64, passando pelas divertidíssimas Tick-Tock Clock (Mario Kart DS) e Music Park (Mario Kart 7), as fases foram completamente redesenhadas para aproveitar ao máximo todas as mecânicas incluídas no título. Como se não bastasse, Mario Kart 8 traz aos jogadores duas Raibow Roads, uma inédita e a queridíssima versão de Mario Kart 64, onde o jogo mistura de forma perfeita a nostalgia de uma fase incrível com toda a tecnologia disponível do Wii U. Infelizmente a pista foi dividida em setores, fazendo com que toda a corrida equivalha a apenas uma volta por todo o trajeto, mas, ainda assim, revisitar uma pista tão querida é uma experiência mágica e extremamente empolgante para qualquer fã antigo da franquia.
Um elenco invejável!

Mario Kart 8 conta com nada menos do que 30 personagens selecionáveis. Além de todos os já tradicionais da série, o título conta com Rosalina, Baby Peach, Baby Rosalina, a inusitada Pink Gold Peach e mais importante: todos os Koopalings! A adição, extremamente empolgante e divertida, adiciona uma variedade nunca vista ao elenco de personagens, que está maior do que nunca. Obviamente nem todos estão disponíveis logo de cara, mas para destravá-los basta vencer os campeonatos do jogo. Além disso, durante as corridas ainda é possível coletar moedas que resultam em novas peças para montar os veículos, o que obriga o jogador a se preocupar com mais coisas além de simplesmente vencer uma corrida (ainda mais se considerarmos que quanto mais moedas coletamos em uma corrida, mais rápido o kart se torna durante ela).

Para fechar com chave de ouro a enorme quantidade de elementos do jogo, ainda é possível colecionar Stamps para utilizar no Miiverse. Para destravá-los, basta finalizar as corridas com todos os personagens e em todas as dificuldades. Trabalho nenhum se considerarmos que cada segundo com o jogo é um verdadeiro deleite, de maneira que sem nem perceber você terá destravado tudo que o jogo tem a oferecer.

Aventurando-se pela rede. Se o modo online de Mario Kart 7 já era robusto, em Mario Kart 8 tudo é levado a um novo patamar. Isso porque o jogo oferece múltiplas possibilidades de jogo que vão desde corridas simples, passando por batalhas, até a organização de torneios fechados entre jogadores. Além disso, o modo é extremamente organizado e possibilita chat por voz entre os jogadores, o que é um gigantesco avanço em se tratando da abordagem quase arcaica da Nintendo com seus jogos em rede.

O tradicional modo em tela dividida também está de volta, mas agora também é possível jogar online com dois jogadores no mesmo console. Com isso, a Nintendo arrumou uma maneira genial de reunir os amigos ainda que estes também queiram jogar pela internet, e isso é algo extremamente empolgante, abrindo um leque ainda maior de possibilidade de diversão para todos.

Para completar o novo e maravilhoso direcionamento da Nintendo com o modo online do jogo, ainda é possível compartilhar vídeos dos melhores momentos das corridas não apenas no Miiverse, mas diretamente no Youtube! A funcionalidade chegou de surpresa e revela uma tendência completamente positiva para a Nintendo, que até pouco tempo atrás era vista como a desenvolvedora que mais restringia o uso de sua imagem em gravação de gameplay. Para organizar melhor os videos, a Nintendo também disponibilizou o Mario Kart TV, aplicativo ingame que reúne desde os gameplays mais populares da rede até o os videos de todos que estão na sua lista de amigos do console, o que lhe fará passar horas apenas procurando momentos épicos que envolvam o Luigi e seu olhar de psicopata sem escrúpulos.

O Mario Kart mais balanceado de todos. Assim como em Mario Kart 7, o título de Wii U permite que os jogadores montem seus karts da maneira que mais lhe agrada, adicionando elementos de estratégia muito complexos à equação. Enquanto os Karts mais simples são mais balanceados e fáceis de derrapar, as motos contam com mais velocidade e os ATVs com mais força e controle. Cada corpo de veículo pode ser combinado com diferentes tipos de rodas e planadores, que sempre reagirão de maneiras diferentes. Mario Kart 8 estimula a experimentação, e certamente você encontrará algum carro que tenha exatamente o seu estilo de direção.

Os itens disponíveis durantes as pistas também nunca estiveram tão balanceados. Funcionando da mesma forma de todos os títulos da franquia, os itens são distribuídos levando em conta a posição do jogador que o obtém, ou seja, enquanto os primeiros colocados recebem apenas cascos verdes, moedas e cascos de banana, os corredores nas últimas posições recebem um arsenal muito pesado para tentar se recuperar de sua situação delicada.

Em Mario Kart 8, quatro novos itens fazem sua primeira aparição, e certamente eles são um dos maiores motivos do excelente balanceamento proporcionado pelo jogo. O Crazy Eight fornece oito itens simultaneamente para o corredor que o obtém, fazendo com que ele se recupere facilmente de uma situação difícil durante a corrida. A Boomerang Flower é um item baseado no Boomerang Mario de Super Mario 3D Land (3DS), e permite que os jogadores lancem um bumenrangue em seus adversários. O item pode ser lançado três vezes e cada lançamento pode atingir os adversários duas vezes (uma na ida e outra na volta). A Piranha Plant nada mais é do que um vaso com o icônico inimigo dos jogos da franquia Mario que come tudo o que vê pela frente. 


De cascos de banana até corredores rivais, a planta comerá tudo o que encontrar pelo percurso. Por fim temos o Super Horn, buzina super potente que tem o efeito parecido com o de uma bomba, devastando tudo e todos que estão pelo caminho. O item seria apenas mais um no meio de tantos se não fosse por seu poder especial: destruir cascos azuis! Isso mesmo! Pela primeira vez na franquia, a chegada de um casco azul pode não ser o fim do mundo, e basta uma buzinada para que ele seja reduzido a pó durante as corridas.
No meio do caminho tinha um casco de banana. Mario Kart 8 é um jogo que beira à perfeição, mas ainda assim possui três problemas que não podem passar batidos. Em primeiro lugar, não é mais possível carregar dois itens por vez, o que faz com que o jogador não possa pensar de forma muito estratégica quanto ao uso de seus itens como podia nos outros jogos da franquia. Depois de um tempo jogando, a tendência é nos acostumarmos à nova regra, mas ainda assim é algo que causará estranheza a todos que sempre acompanharam a série.

Em segundo lugar, o modo Battle não possui mais arenas e passam a acontecer em pistas normais do título. Com isso, boa parte da diversão que o modo proporcionava vai por água abaixo, já que as batalhas passam a parecer simples corridas com balões, não sendo mais frenéticas como sempre foram nos outros sete títulos da franquia. A decisão da Nintendo ainda não me é muito clara. É muito decepcionante que não hajam mais arenas exclusivas para o modo Battle, ainda mais considerando-se que ele sempre foi um dos modos mais divertidos para se jogar entre amigos.

Por fim, o GamePad é mais uma vez subutilizado. Apresentando algumas informações na tela como um mapa e a colocação dos competidores, a tela de toque se limita ao acionamento da buzina dos karts, que também pode ser ativada ao pressionarmos o botão LZ do controle. Além disso, é possível utilizar os sensores de movimento do controle para comandar o veículo ou jogar o título apenas utilizando o controle, sem a necessidade da televisão. Infelizmente, nada que justifique o controle, já que movimentos são utilizados em Mario Kart Wii e Mario Kart 7 e a função Off-TV play já não é mais novidade para ninguém.

O Wii U levado ao limite. Desde que o Wii U foi lançado, muitos enchem a boca para dizer que o console não é poderoso e capaz de gerar gráficos que se equiparem aos consoles concorrentes. Bem, eu diria a todos para jogarem Mario Kart 8 e repensarem o que estão dizendo. Sendo facilmente o jogo mais belo já criado pela Nintendo, Mario Kart 8 é também um dos jogos mais bonitos já vistos em um console de mesa. Com fases amplas e cheia de detalhes, cores saltando por todos os lados e efeitos de luz arrasadores, o jogo é um deleite do começo ao fim, e fica evidente que o Wii U é muito mais poderoso que um Xbox 360 ou um PlayStation 3. A modelagem dos personagens também não fica para trás e traz um realismo nunca visto aos personagens do Reino do Cogumelo. A absurda quantidade de detalhes nos mostra como o Wii U é capaz de coisas incríveis, desde que as desenvolvedoras usem-no com sabedoria.

A trilha sonora, completamente orquestrada, é a cereja do bolo, com composições lindíssimas e remixes de clássicos da franquia. A reimaginação da música tema de Gusty Garden Galaxy (Super Mario Galaxy) é algo que não esquecerei tão cedo e certamente figura entre uma das mais belas composições que já ouvi em um videogame. Pois é, o nível de polimento é espetacular assim!
 

O melhor Mario Kart já criado! Mario Kart 8 é o melhor Mario Kart já feito. Fim. Com um nível de polimento jamais visto na franquia, pistas que mostram a excelência da Nintendo em level design e uma infinidade de conteúdo destravável, o título é motivo de sobra para se comprar um Wii U, e certamente aumentará o respeito da comunidade gamer pelo console. Como jogador da Nintendo desde que me entendo por gente, posso afirmar categoricamente que não me divertia com Mario Kart dessa forma desde os tempos áureos de Mario Kart 64, e isso significa muito. Então, se você ainda está lendo isso, levante-se e vá logo adquirir o seu, mesmo que o console também precise ser adquirido!

Trailer:


Informações do Game:
Desenvolvedora: Nintendo
Distribuidora: Nintendo
Gênero: Corrida / Arcade
Lançamento: 30.05.2014
Nota IGN: 9,0

Informações do arquivo:
Idiomas: EN
Região: NTSC-U
Loadiine Ready: Sim
ID: AMKE01 
Tamanho: 2.49 GB
Firmware mínima: 4.1.10 

Este download é um único arquivo
maior que 1GB, click na imagem:





Download Game: MEGA / GoogleDrive
Download UPDATE: MEGA / GoogleDrive


Adquira uma conta/Combo nos nossos links, é muito barato!  Melhore a velocidade dos seus downloads e consequentemente vai estar contribuindo com o blog.

                                                           

Contas Premium
Contas Premium
Contas Premium
Contas Premium
Baixou, curtiu, aprendeu, foi legal? Por favor, comente. 
É o mínimo que você pode fazer.

2 comentários :

Asator disse...

Muito bom vocês estarem dando suporte pro Loadiine agora.
Acompanho vocês desde o começo do 3DS, e agora no WiiU também.

Agora só esperando as DLC do MK8 e Hyrules Warriors.
Eu já tenho SSB atualizado e com as DLC rodando tranquilo no Loadiine.

Asator disse...

A, só lembrando que se a pessoa for jogar o MK8 com a atualização, precisa da start no jogo pelo SSB, pelo MiiMaker não vai.

Comentários Publicados