domingo, 11 de dezembro de 2016

Digimon Universe Appli Monsters [JPN] [CIA]


A série que é a principal rival dos monstrinhos da Nintendo também está voltando com uma nova franquia: Digimon Universe: Appli Monsters

O investimento está sendo bem pesado, teremos uma série animada na televisão, card game, um jogo para Nintendo 3DS e mais dois mangás (não sei se foi anunciada mais alguma coisa).

Segundo informações divulgadas os appmons são seres digitais que vivem dentro dos aplicativos para smartphone. Esse appmon que recebe bastante destaque no trailer, por exemplo, é um aplicativo de busca. Os personagens vão poder invocar os monstrinhos com um digivice especial chamado Appli Driver, então aparentemente cada tamer poderá ter vários digimons, diferentemente das outras temporadas. E por último, os appmons vão evoluir apenas por fusões.

Quando vi as primeiras imagens e o trailer eu não gostei não, vou admitir. Achei o design dos monstrinhos muito diferente do padrão da série e o traço me lembrou aquela aberração que foi o Digimon Fusion, mas me livrando um pouco do preconceito eu resolvi analisar e acredito que a nova série tem muito potencial.

Primeiro precisamos entender porquê Digimon não emplacou como Pokémon. Sim, a série da Bandai fez um tremendo sucesso no começo dos anos 2000, uma popularidade comparável a Pokémon sim, no entanto, com o passar dos anos a série foi ficando cada vez menos mainstream enquanto Pokémon continua sendo sucesso até hoje!
Ao contrário do que muitos pensam, Digimon não é cópia de Pokémon, as duas séries, inclusive nasceram quase ao mesmo tempo 
                                     
                                   Criação e Desenvolvimento



No ano de 1996 surge o Tamagotchi, criado por Akihiro Yokoi, Aki Maita e Takeichi Hongo, que foi uma das inspirações para o primeiro lançamento da franquia, um aparelho comercializado em junho de 1997[5] com o nome Digimon, abreviação de Digital Monsters literalmente "Monstros Digitais" em português. Visando o público masculino e criado por Akiyoshi Hongo (pseudônimo que se refere aos criadores do Tamagotchi), esse aparelho apresenta aos jogadores um animal de estimação virtual composto inteiramente por dados e concebidos para reproduzir e lutar. Em fevereiro de 1998, o jogo de luta DigiMon, compatível com Windows 95 e desenvolvido pela Rapture Technologies, Inc., foi anunciado. O mangá one-shot C'mon Digimon, desenhado por Tenya Yabuno, foi publicado na revista japonesa V-Jump da editora Shueisha em 1997.

Uma segunda geração de virtual pets foi comercializada seis meses após o lançamento da primeira, seguida por uma terceira em 1998. Cada jogador começa com uma criatura digital em nível bebê que possui um número limitado de ataques e transformações e para deixá-la mais forte se deve treinar e alimentá-la; quando ela é bem-sucedida em um treino, ela torna-se forte, quando falha, torna-se fraca. 

Dois aparelhos podem ser conectados, permitindo que dois jogadores possam batalhar com suas respectivas criaturas, uma inovação na época, entretanto, a batalha só é possível a partir do momento que a criatura é do nível criança ou maior. Parques infantis e metrôs eram onde se concentravam a maioria dos usuários do aparelho; o virtual pet foi proibido em algumas escolas asiáticas por ser considerado por pais e professores como muito barulhento e violento. Os primeiros digimons foram criados pelo designer japonês Kenji Watanabe, influenciado pelos comics; outros tipos de digimons, que até o ano 2000 somavam 279, provieram de amplas discussões e colaborações entre os membros da companhia Bandai.

Eu acredito que um dos principais fatores que impediram que a série crescesse nas mesmas proporções que Pokémon foi a falta de consistência.

O universo de Digimon é uma verdadeira bagunça, da árvore de evoluções dos Digimons até o mitologia do digimundo



A Linha evolutiva do Agumon é praticamente uma teia e existem Digimons com linhas evolutivas ainda mais confusas.

O design dos monstrinhos também não é muito consistente em termos de direção de arte mesmo. Temos Digimons mais bonitinhos (que de certa forma lembram um pouco a direção de arte do Pokémon), porém temos Digimons grotescos também.

Alguns Digimons, como o Falcomon são um caso bem engraçado. Ele é uma coruja que evolui para um avestruz, depois evolui para uma águia (ou um falcão, sei lá)

 
Linha evolutiva de Falcomon

Quantos problemas assim existem nas linhas evolutivas de Pokémon? De um mostrinho ser de uma espécie em uma evolução e virar de outra na evolução seguinte? kkk  Razz

Isso não acontece, em Pokémon tudo é muito redondinho. Dá pra ver que a série Pokémon foi muito bem planejada e tudo que eles incluem de novo é muito bem estudado para funcionar a longo prazo, enquanto em Digimon tem algumas coisas que parecem ser feitas de modo inconsequente.

Nos video games também Digimon se perdeu nesses anos todos. Existem jogos bons e existem jogos horríveis. A fórmula nunca é a mesma, temos alguns que são cópias de Pokémon mesmo e temos alguns jogos de luta sofríveis.


Como ser consistente se cada um dos jogos segue uma proposta diferente e poucos funcionam? Alguns jogos dá pra ver que são fracos principalmente pela falta de capricho e orçamentos baixos.

Enquanto Pokémon nos videos games a gente não precisa nem comentar, né? A série possui a mesma fórmula desde o início e foi enriquecendo ela com o passar dos anos. Recentemente até mesmo se reinventou com o lançamento de Pokémon Go que virou um fenômeno.

A palavra-chave é CONSISTÊNCIA

Parece que finalmente perceberam isso porque o que mais podemos observar nesse novo Digimon é consistência.

Todos os monstrinhos possuem a mesma direção de arte, proporções parecidas e afins.





Outra questão também é que cada Tamer poderá domar vários digimons/appmons, uma vez que eles são aplicativos de celular.

Quem já jogou os jogos de Digimon sabe que o fato de no universo Digimon cada digiescolhido domar um monstrinho sempre foi um problema na hora de transformar isso em video game. Isso porque os desenvolvedores queriam que os jogadores tivessem a opção de jogar com vários monstrinhos. No Digimon World de PS1, por exemplo, resolveram isso permitindo que o Digimon evoluísse para qualquer outro Digimon (inclusive os que não pertencem a linha evolutiva).

Me lembro de ter ficado muito frustrado quando era criança quando estava jogando Digimon World e o meu agumon evoluiu para Ikkakumon e eu fiquei tipo:  confused scratch scratch

Dessa vez provavelmente não terão esse tipo de problema porque o processo de criação do anime e dos jogos foi feito em conjunto.

Pelas informações divulgadas até agora (e também pelos videos de gameplay), já dá pra ver que será um JRPG de coleção bastante similar aos da série Shin Megami Tensei (e também Persona), inclusive por conta do sistema de fusão.

Enfim, o que vocês acham? Vai ser sucesso?
De qualquer forma estou muito ansioso para experimentar, e vocês?


Trailer:


Informações do Game:
Desenvolvedora: Bandai Namco
Distribuidora: Bandai Namco
Gênero: RPG
Lançamento: 01.12.2016
Nota IGN: ??

Informações da ROM:
Original Release: Digimon_Universe_Appli_Monsters_JPN_3DS-HR
Região: JPN
Idiomas: Japonês
Tamanho: 481 MB
Firmware mínima: 11.0
Patch para CFW 4.x: Não
Compatível com LUMA3DS: ??
Funciona em Sky3DS/Gateway: ??
Patch Region Free: Não
Patch Online: Não

Password / Senha: 3dsounada 
Crédito do Dump: vinsheep91

Download via [MEGA] links maiores que 
1GB, Click na imagem para saber como 
driblar o limite de banda:





Conheçam também a nossa Loja Virtual no Mercado Livre, ela ainda é um pequeno gafanhoto, mas em breve se tornará um louva-deus através do apoio de vocês!


Conheçam também meu antigo blog focado em conteúdo Geek, ele estava parado, e estou voltando a atualizá-lo 
aos poucos também

Adquira uma conta/Combo nos nossos links, é muito barato!  Melhore a velocidade dos seus downloads e consequentemente vai estar contribuindo com o blog.
seus downloads e consequentemente vai estar contribuindo com o blog.
Contas Premium
Contas Premium
Contas Premium
Contas Premium
Contas Premium




Download: MEGA / Google Drive / OwnCloud [Link Direto]
MEGA KEY: !LFmI3w-k82noda6oPIxodlOYVPuGsmiAb_AL0amtWgA

Sigam-nos nas redes sociais

Baixou, curtiu, aprendeu, foi legal? Por favor, comente, e compartilhe isto no Facebook, Twitter, etc. É só clicar nos botõezinhos aqui em abaixo, ou nesta barra horizontal permanente, aqui do seu lado direito da página. 
Nos ajude e ajude a compartilhar.
É o mínimo que você pode fazer!

3 comentários :

Matheus G. Nunes disse...

Essa é a CIA dele completa??

イクト 愛乞う アレヴァロ disse...

Sim, e o jogo completo! <>w<>b

Geek-sama disse...

Isso ai! Game completo. games Demo terão [DEMO] no título do post

Comentários Publicados