quinta-feira, 20 de abril de 2017

Liberation Maiden [USA] [CIA] [UNDUB] [eShop Game] [Region Free]


FUm dos maiores desafios da indústria, para os desenvolvedores, é conseguir se destacar perante tantos nomes e franquias. Alguns indivíduos, entretanto, se destacam por sua genialidade e ousadia. Esse é o caso de talentos como Shigeru Miyamoto, Hideo Kojima, Shinji Mikami, Warren Spector e Goichi Suda. Este último, mais conhecido como Suda 51, vem presenteando os jogadores com conceitos extremamente inovadores e cada vez mais bizarros. É o caso do criativo Killer 7 (GC) e da divertidíssima franquia No More Heroes (Wii), títulos que trazem um ar de novidade à indústria ao mesmo tempo que presenteia os jogadores com doses bizarras de humor aliadas a enredos recheados de referências à cultura pop.

Essa versão do game é Undub=Sem dublagem, não que isso signifique que o game esteja sem áudio, mas ele está com o áudio original em que foi criado que é o japonês. Para quem como eu, curte cultura oriental, mangás, animes e afins, é ótimo ouvir aquele peculiar sotaque japonês e aquela entonação exagerada nas expressões. Dá uma cara bem original ao game, e com certeza melhora o nível interação.

Liberation Maiden é a mais nova empreitada da Grasshopper Manufacture, estúdio dirigido por Suda, e faz parte de Guild-01, uma coletânea de quatro títulos criados por consagrados designers japoneses lançada pela Level-5 para o Nintendo 3DS.Nas Américas, os jogos serão lançados separadamente para o eShop, sendo Liberation Maiden o primeiro a dar as caras por aqui. Mas será que o título faz jus à qualidade das outras franquias criadas por Suda? Com certeza! E já explico o porquê.


As lindas animações da BONES
Liberation Maiden se passa em um Japão futurista chamado de New Japan. O país, abundante em produção de energia, é atacado por um grupo terrorista chamado The Dominion, que tem o objetivo de roubar toda a energia do lugar. Nesse meio tempo, o presidente é assassinado e sua filha, Shoko, assume seu cargo. Aí já começa a bizarrice: a nova presidente é uma adolescente e deve, a bordo de um mecha, acabar com a ameaça terrorista com suas próprias mãos (a diplomacia manda abraços!). Shoko ainda conta com a ajuda de Kira, membro de sua equipe e responsável por orientá-la em suas missões no campo de batalha.

A história é contada em apenas uma lindíssima cut-scene logo no início da aventura, e não se desenvolve mais do que isso. Uma pena, pois o estúdio que realizou o trabalho foi o renomadíssimo BONES, responsável por obras consagradas como Full Metal Alchemist e Wolf’s Rain. Outra pequena cena ainda surge no final da aventura, mas fica a impressão de que o estúdio poderia ter sido melhor aproveitado.

Fórmulas de sucesso
Liberation Maiden é uma mistura de The Zone of Enders (PS2) com Ikaruga (GC) e conta com cinco fases em que praticamente o único objetivo é destruir tudo o que você encontrar pela frente. A movimentação, ao contrário da maior parte dos shooters do mercado, não é por trilhos, e o jogador é livre para levar seu mecha para onde bem entender. O caminho correto a ser seguido é sempre apontado por Kira, tornando a aventura bastante linear, que se limita a ir de um ponto até outro, localizando e destruindo spikes que roubam a energia do país.

Apesar de curto, o game é muito intenso!
Entretanto, a jogabilidade de Liberation Maiden é sensacional e lembra muito o que foi feito em Kid Icarus Uprising, lançado no início desse ano para o Nintendo 3DS. Descrevendo rapidamente como é a jogabilidade do título, posso dizer que ela é rápida, fluída e precisa, o que é muito bom, já que o game exige reflexos estelares por parte do jogador para que Shoko se saia bem sucedida em suas missões. Espere por hordas de inimigos, tiros por toda a parte e inimigos muito difíceis de serem derrotados. O mecha conta com dois tipos diferentes de arma, nos quais a munição se auto-regenera, assim como a sua barra de vida, o que está longe de tornar a aventura menos desafiadora, já que, para que as barras se regenerem, você deve se afastar de toda a ação.


Kira dá dicas para Shoko durante toda sua jornada
Apesar das fases serem muito divertidas, são nas épicas batalhas contra os chefes que o jogo brilha de verdade. Cada um dos cinco possui padrões de ataque completamente diferentes, de forma que você deve examinar cuidadosamente cada nuance de seus movimentos para que consiga derrotá-los. Essas batalhas são muito frenéticas e divertidas e tornam o jogo ainda mais desafiador e memorável. Em particular, a batalha final é uma das mais impressionantes já vistas na biblioteca do portátil de duas telas da Nintendo, e exige reflexos e coordenação impecáveis por parte do jogador. É simplesmente brilhante!
A beleza do New Japan

Liberation Maiden é um jogo belíssimo. Os gráficos são polidos ao extremo, não há lags em nenhum momento e os cenários são muito belos, ainda mais quando o efeito tridimensional do portátil é ativado. Os cinco estágios são bastante variados e nota-se claramente que não houve reaproveitamento de cenários e conceitos, exceto pelos inimigos que geralmente são os mesmos em todas as fases. Os diálogos do título são completamente dublados e a trilha sonora é devastadora, contando com músicas cantadas, no melhor estilo J-Pop. A título de curiosidade, algumas músicas foram compostas por ninguém menos que o próprio Suda 51. Isso que é dedicação ao trabalho! É difícil acreditar que o game foi lançado digitalmente, já que ele é superior a muita coisa lançada fisicamente para o console.


O que é bom dura pouco
Infelizmente, Liberation Maiden leva apenas cerca de uma hora e meia para ser completado. O título ainda conta com um sistema de conquistas e um modo score attack que tenta estimular o jogador a retornar para a aventura. Devo admitir: funciona, mas o game poderia ter mais algumas fases, ou pelo menos leaderboears online para que o estímulo a superar pontuações fosse maior. No entanto, a duração do game é justificável se considerarmos que ele é apenas um dos quatro títulos de uma coletânea, e que seu preço no e-Shop é de apenas catorze reais. Uma pechincha, considerando todas as qualidades do título.

Liberation Maiden já se consagra como um dos melhores títulos da biblioteca do Nintendo 3DS e é aquisição obrigatória para todos os seus felizes donos. Mais uma vez, Goichi Suda presenteou os nintendistas com um jogo acima da média, que conta com uma série de elementos que o tornam digno de ser jogado diversas vezes. Espetacular, para não dizer mais!


Fonte: NintendoBlast

Trailer:


Informações do Game:
Desenvolvedora:  Grasshopper Manufacture
Distribuidora: Level-5
Gênero: Ação, Shoot 'Em Up
Lançamento: 25.10.2012
Nota IGN: 8,2

Informações da ROM:
Original Release: Liberation.Maiden.USA.eShop.3DS-CONTRAST
ID: 00040000000BBE00
Idiomas: Áudio Japonês / Legendas Inglês
Região: USA
Tamanho: 127 MB
Firmware mínima: 3.0
Patch para CFW: Sim
Compatível com Gateway: Sim
Compatível com Sky3DS: Sim
Patch Region Free: Não
Patch Online: 
Não

Download via [MEGA] links maiores que 
1GB, Click na imagem para saber como 
driblar o limite de banda:






Conheçam também a nossa Loja Virtual no Mercado Livre, ela ainda é um pequeno gafanhoto, mas em breve se tornará um louva-deus através do apoio de vocês!


Conheçam também meu antigo blog focado em conteúdo Geek, ele estava parado, e estou voltando a atualizá-lo 
aos poucos também

Adquira uma conta/Combo nos nossos links, é muito barato!  Melhore a velocidade dos seus downloads e consequentemente vai estar contribuindo com o blog.
Contas Premium
Contas Premium
Contas Premium



DownloadMEGA / GoogleDrive / OwnCloud [Link Direto]
MEGA Key: !bVJK_Ij_7oDsBdXyKb8_bhbLXsSBAmiwaZ5PosNEZJA

Sigam-nos nas redes sociais

Baixou, curtiu, aprendeu, foi legal? Por favor, comente, e compartilhe isto no Facebook, Twitter, etc. É só clicar nos botõezinhos aqui em abaixo, ou nesta barra horizontal permanente, aqui do seu lado direito da página. 
Nos ajude e ajude a compartilhar.
É o mínimo que você pode fazer!

Nenhum comentário :

Comentários Publicados